Como chegar

Niterói

Niterói é um pedacinho mais que especial do Estado, parte da Região Metropolitana do Rio. A cidade que sorri e tem moradores orgulhosos de sua regionalidade começou como uma aldeia fundada por Arariboia e foi capital estadual fluminense até a fusão entre os Estados do Rio de Janeiro e da Guanabara, em 1975. Pertinho do centro econômico do Rio de Janeiro – distância de quase 11km da cidade –, seus principais acessos rodoviários são a Ponte Rio–Niterói e a Avenida do Contorno, ambas trechos da BR-101. Também se pode chegar à cidade de barca, momento em que é possível curtir um belo passeio pela Baía de Guanabara.

Sua população está entre as mais escolarizadas do estado, em um total de mais de 499 mil habitantes, e com o menor índice de pobreza, e está concentrada em um território de cerca de 129 km². Com a economia balizada nos serviços e na indústria, com um PIB de 11,2 bilhões de reais, Niterói é um dos principais centros financeiros, comerciais e industriais, sendo a 12ª entre as 100 melhores cidades brasileiras para fazer negócios. Niterói possui o melhor índice de desenvolvimento humano (IDH) do estado e o terceiro do país, de acordo com estudo feito pela Fundação Getulio Vargas, em junho de 2011.

A cidade também tem forte apelo turístico por sua grande oferta de atrativos naturais, que fazem de Niterói um excelente lugar para visitar e viver, com alta qualidade de vida. Tanto é que foi eleita a sétima melhor cidade para morar no Brasil, segundo a ONU. Entre suas atrações mais visitadas estão a Praia de Icaraí, principal bairro de Niterói, com as pedras de Itapuca e do Índio; o Caminho Niemeyer, conjunto arquitetônico que contém, como centros culturais, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC), a Praça Juscelino Kubitschek, o Teatro Popular de Niterói, a Estação Hidroviária de Charitas, a Fundação Oscar Niemeyer e o conjunto de fortes de Niterói.